Trabalhadores podem começar a sacar o abono do PIS/Pasep a partir de julho

Os trabalhadores com carteira assinada que recebem até dois salários mínimos terão um dinheiro extra a partir de julho, quando começa o cronograma de pagamento do abono do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

Para os trabalhadores da iniciativa privada, o pagamento segue é feito conforme a data de aniversário. Quem tem conta na Caixa terá o dinheiro depositado antes. Já para os servidores públicos, o Pasep pode ser sacado no Banco do Brasil, e o pagamento é segue o número de inscrição. Correntistas também têm o benefício creditado.

Veja a tabela com as datas abaixo. Têm direito ao abono de um salário mínimo (R$ 724) os cadastrados no PIS-Pasep há pelo menos cinco anos que tenham recebido até dois salários mínimos nos meses trabalhados. Para sacar, é necessário apresentar carteira de identidade, carteira de trabalho ou o cartão do PIS/Pasep.

Fonte: Zero Hora



Viegas Auditores e Consultores - www.viegasauditores.com.br | Todos os Direitos Reservados © 2017