Puxado pela agropecuária, PIB do primeiro trimestre de 2013 cresce 0,6%

Desempenho medido pelo IBGE repete o índice verificado nos últimos três meses de 2012

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,6% nos primeiros três meses deste ano na comparação com o quarto trimestre de 2012, na série com ajuste sazonal. O desempenho positivo foi impulsionado pela agropecuária, com avanço de 9,7%. Os serviços cresceram 0,5%, enquanto a indústria caiu 0,3%. O resultado foi divulgado nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 
Em relação com igual período de 2012, houve aumento do PIB de 1,9% no primeiro trimestre do ano. No acumulado dos quatro trimestres terminados no primeiro trimestre de 2013, o PIB registrou crescimento de 1,2% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores. Em valores correntes, o PIB a preços de mercado alcançou R$ 1.110,4 bilhões.

Os números exibidos pela agropecuária confirmam o bom momento que setor vem passado. Na comparação com, os primeiros três meses de 2012, o crescimento verificado no setor foi de 17%. A taxa pode ser explicada pelo bom desempenho de alguns produtos que possuem safra relevante no primeiro trimestre e pelo crescimento na produtividade. Entre os produtos com safras significativas no trimestre e que registraram crescimento estão soja (23,3%), milho (9,1%), fumo (5,7%) e arroz (5,1%).

A indústria por sua vez, segue em ritmo negativo. A queda em relação ao quatro trimestres de 2012 foi puxada pela extrativa mineral (-2,1%). Construção civil e eletricidade e gás, água, esgoto e limpeza urbana variaram -0,1%, enquanto a indústria de transformação aumentou 0,3%.

Em relação ao mesmo trimestre de 2012, a indústria apresentou queda de 1,4%, afetada, principalmente, pela indústria extrativa, que declinou 6,6%, afetada pela queda na extração de petróleo. A construção civil também apresentou queda de 1,3%, enquanto o segmento de transformação caiu 0,7%, resultado influenciado pelo declínio da produção de máquinas para escritório e equipamentos de informática, metalurgia, químicos inorgânicos, produtos farmacêuticos, têxtil e artigos do vestuário.

Já o setor de serviços, que cresceu 0,5% no primeiro trimestre, destacou-se a alta das atividades de administração, saúde e educação pública (0,8%), atividades imobiliárias e aluguel (0,7%), comércio (0,6%) e serviços de informação (0,3%). Em relação ao primeiro trimestre de 20102, o setor de serviços teve alta 1,9%. Todas as atividades que o compõem registraram variações positivas.

Fonte: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/economia/noticia/2013/05/puxado-pela-agropecuaria-pib-do-primeiro-trimestre-de-2013-cresce-0-6-4153314.html



Viegas Auditores e Consultores - www.viegasauditores.com.br | Todos os Direitos Reservados © 2017