IPC-S fica em 0,4% na terceira quadrissemana de maio

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) ficou em 0,40% na terceira quadrissemana de maio, informou, nesta quinta-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado ficou 0,02 ponto porcentual acima do registrado na segunda leitura de maio, quando o índice subiu 0,38%.

Das oito classes de despesas, cinco registraram acréscimo em suas taxas de variação de preços no período: educação, leitura e recreação (de -0,06% para 0,28%), alimentação (0,51% para 0,54%), comunicação (-0,25% para -0,04%), vestuário (0,84% para 0,96%) e despesas diversas (0,20% para 0,24%).

Por sua vez, registraram decréscimo em suas taxas de variação de preços: transportes (-0,07% para -0,15%), habitação (0,27% para 0,24%) e saúde e cuidados pessoais (1,35% para 1,26%). O IPC-S da terceira quadrissemana de maio foi coletado entre os dias 23 de abril e 22 de maio.

O IPC-S é calculado com base em preços pesquisados no intervalo de 30 dias fechados sempre nos dias 7, 15, 23 e 30 de cada mês - este último, por coincidir o fechamento do calendário, pode ser considerado a variação da inflação em um determinado mês. O índice é composto pelo preço de 460 produtos coletados em sete capitais, incluindo Porto Alegre.



Fonte: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/economia/noticia/2013/05/ipc-s-fica-em-0-4-na-terceira-quadrissemana-de-maio-4146818.html


Viegas Auditores e Consultores - www.viegasauditores.com.br | Todos os Direitos Reservados © 2017