Inflação oficial fecha 2013 em 5,91%, acima do resultado do ano anterior

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA?), usado como padrão para as metas do governo – e por isso conhecido como inflação oficial –, fechou 2013 em 5,91%. O teto estipulado pelo governo é de 6,5%.
 
O resultado supera o índice fechado de 2012, que alcançou 5,84%.
 
Superando todas as expectativas, o IPCA veio acima do previsto pelo mercado financeiro, que apostava em 5,74%, e do ministro da Fazenda, Guido Mantega, cuja projeção era de 5,84%.
 
Em dezembro, o IBGE calculou inflação média de 0,92% no Brasil, a maior taxa mensal desde abril de 2003.
 
O setor que mais pesou no bolso do consumidor em dezembro foram os transportes, com alta de 1,85% nos preços. Despesas pessoais (1%), artigos de residência (0,89%) e alimentação e bebidas (0,89%) também tiveram altas significativas.
 
Em Porto Alegre, a inflação acumulada de 2013 foi calculada em 5,79%, taxa menor que a média nacional, de 5,91%. A capital com maior inflação no ano foi Recife, com 6,86%.
 
Fonte: Zero Hora



Viegas Auditores e Consultores - www.viegasauditores.com.br | Todos os Direitos Reservados © 2017