Inflação do aluguel desacelera e chega a 0,29% em novembro

A taxa do IGP-M calculado pela FGV acumulada em 12 meses até novembro é de 5,6%



O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), também chamado de inflação do aluguel, desacelerou de 0,86% em outubro para 0,29% em novembro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta quinta-feira, dia 28. O valor é bastante próximo dos 0,3% previstos pela fundação. O IGP-M calculado pela FGV é utilizado para correção do aluguel e como indexador de contas como a de luz.

Entre os três indicadores que compõem o IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) recuou de 1,09% em outubro para 0,17% em novembro. Na mesma base de comparação, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu de 0,43% para 0,65%. A principal contribuição para o acréscimo da taxa do índice partiu do grupo Alimentação(0,63% para 0,93%). Nesta classe de despesa, vale citar o comportamento dos itens: hortaliças e legumes (-5,46% para 3,79%) e frutas (0,98% para 2,16%).

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) desacelerou de 0,33% para 0,27%.

A variação acumulada do IGP-M em 2013 é de 4,88%, enquanto a taxa acumulada em 12 meses até novembro é de 5,6%. Os preços dos produtos agropecuários no atacado caíram 0,06% em novembro, após registrarem alta de 0,49% em outubro. Os preços de produtos industriais avançaram 0,25% ante alta de 1,32% no mês anterior. Os preços dos bens intermediários recuaram 0,06% em novembro ante avanço de 0,70% em outubro. Os dos bens finais tiveram alta de 0,02%, ante aceleração de 0,76% em igual período.

Já os preços das matérias-primas brutas subiram 0,6% em novembro, após avanço de 1,95% no mês anterior. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) apresentou alta de 0,17% em novembro depois de avançar 1,09% em outubro. Em 12 meses, o IPA acumula aceleração de 5,22% e, no ano, de 4,47%.

Fonte: Zero Hora


Viegas Auditores e Consultores - www.viegasauditores.com.br | Todos os Direitos Reservados © 2017