Fusões e aquisições de empresas batem novo recorde no Brasil em 2011

Um estudo elaborado pela conceituada consultoria KPMG, mostra que em 2011 as fusões e aquisições de empresas bateram novo recorde no Brasil, com 817 operações. Em alguns setores ficou clara concentração de poder, ou seja, criação de oligopólios.
 
Nos últimos 2 anos mais de 1600 médias e grandes empresas brasileiras foram negociadas, sendo que 743 destas operações foram entre empresas controladas por capital brasileiro, com um pequeno aumento, reduzindo um pouco o ritmo de internacionalização de empresas brasileiras, com 14% a menos em relação a 2010. A pesquisa também indicou uma queda aproximada de 17% nos negócios que envolveram empresas de capital brasileiro que compraram companhias de capital estrangeiro estabelecidas no Brasil, com 29 casos em 2011, para 35 em 2010.
 
O setor de tecnologia registrou o maior número de fusões e aquisições em 2011, com 90 operações somadas, o que indica 5,9% a mais do que em 2010. Em seguida vem os setores de mídia e telecomunicações, com 59 operações, depois vem o setor Imobiliário, com 46, alimentos, bebidas e fumo com 44 e companhias de energia, com 42 operações. O estudo leva em conta as operações de fusões e aquisições anunciadas e concluídas entre 1° de janeiro e 31 de dezembro de 2011.
 
Leia mais em: www.gestaonegociosecia.blogspot.com e também no ClicRBS – Blogs parceiros – Gestão Negócios & Cia.



Viegas Auditores e Consultores - www.viegasauditores.com.br | Todos os Direitos Reservados © 2017