Declaração do Imposto de Renda por celular tem falhas

No primeiro dia de envio das declarações do Imposto de Renda, na quinta-feira, o aplicativo m-IRPF, que permite ao contribuinte fazer sua declaração em smartphones ou tablets, não funcionou completamente no sistema Android e ainda não havia sido liberado pela Apple, como programado.

Com isso, não foi possível preencher e enviar a declaração por meio de iPhones ou iPads. A Receita informou que fez todo o processo para o aplicativo estar no ar e que o atraso é responsabilidade da Apple.

A recomendação da Receita é que o contribuinte entre em contato com a Apple para saber quando o programa estará disponível. Procurada pela agência Folhapress, a empresa não se manifestou até o início da noite de quinta-feira.

O aplicativo estava disponível desde a manhã de quinta também para dispositivos com o sistema operacional Android, da empresa Google. Em teste feito em tablet com sistema Android, o m-IRPF teve problemas. Quando o contribuinte tentava preencher o campo do título de eleitor, o aplicativo acrescentava um zero à esquerda. Não é possível apagar o algarismo e, ao tentar prosseguir, o contribuinte recebe uma mensagem de que o número do documento está errado.

Por meio de nota, a empresa Google informou que "questionamentos sobre o funcionamento dos apps devem ser feitos diretamente aos desenvolvedores". A Receita, responsável pelo desenvolvimento do aplicativo, não comentou.


Fonte: Zero Hora


Viegas Auditores e Consultores - www.viegasauditores.com.br | Todos os Direitos Reservados © 2017