Ajuste busca trazer país a níveis de emprego de antes da crise, diz Levy

Ministro participou de evento de negócios em São Paulo. 
'Sem orçamento equilibrado do governo, trabalhadores terão vida difícil.'
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, afirmou nesta quinta-feira (14), que o ajuste fiscal, uma tentativa de equilibrar as contas do governo, tem o objetivo de fazer com que o país volte ao seus níveis de emprego registrados antes da atual crise. Recentemente, a taxa de desemprego no Brasil alcançou os menores patamares da história, mas voltou a subir nos últimos meses.
 
AJUSTE FISCAL
Governo corta gastos e sobe impostos

entenda efeitos para os brasileiros
medidas do ajuste:
Em evento de negócios dirigido a mulheres em São Paulo, Levy reiterou que o ajuste foi necessário para evitar uma piora no cenário econômico e mencionou que a economia brasileira passa por uma fase de mudança.
“Se o governo não tiver um orçamento equilibrado, não assegurar que pode fechar as contas e não prestar atenção no controle da inflação, os trabalhadores terão uma vida bem mais difícil”, afirmou o ministro.
O ministro também destacou, em seu discurso, que o governo preservou os gastos com educação nos esforços do ajuste fiscal para não prejudicar os níveis educacionais e de qualificação da força de trabalho.
Ele afirmou, ainda, que a inovação é o caminho para melhorar a produtividade no país. “A produtividade é uma palavra cada vez mais importante para o sucesso das empresas. E para sermos mais produtivos temos que inovar”
Fonte: gi.gobo.com



Viegas Auditores e Consultores - www.viegasauditores.com.br | Todos os Direitos Reservados © 2017